Quarta-feira, 12 de Julho de 2006

O Limite

O que faz mudar as pessoas?
Qual o momento em que deixam de perceber o certo do errado?
Fingem que não percebem que é errado?
Desculpam-se com loucuras momentâneas?
As tragédias parecem tão longínquas, mas é um engano, elas estão mesmo ao nosso lado.
Há poucos anos tinha uma amiga, cheia de energia com um filho de 9 anos, separada, que vivia com o novo namorado.
Esse rapaz tinha o ar mais calmo do mundo, usava óculos, era tímido, tinha ar de quem não faz mal a uma mosca. A minha amiga pelo contrário, era extrovertida, loura de olhos azuis, muito simpática.
Era impossível não olhar para este casal e pensar como era possível estarem juntos.
Todos sabíamos que ele era completamente apaixonado por ela e víamos pelo olhar triste dele que as coisas não iam bem.
Um dia ele apareceu com a mão ligada e disse com grande tristeza que tinha saído de casa dela.
Ela contou-nos que tinham discutido, que ele tinha saído de casa mas estava tudo bem.
Poucos dias passaram até que um belo dia de manhã, o terror instalou-se na rua. O rapaz moreno, novinho, simples, que trabalhava no café tinha esperado a nossa amiga à porta do trabalho dela.
A loura simpática, tinha acabado de chegar, viu a caçadeira de canos cerrados apontada à cabeça e ainda abriu a porta do carro para sair, mas ficou ali caída, fria e sozinha.
O rapaz foi preso, por poucos anos. Ela deixou um filho de 9 anos sem mãe, nem pai. Um menino de olhos azuis que andava sempre atrás da mãe, que adorava.
 
Existe alguma desculpa para este comportamento? Loucura, ciúmes, raiva, solidão…
Podia contar a história da outra rapariga que levou o ex-namorado, pai do filho dela a ver o mar. Fizeram amor, e depois ela matou-o com 2 tiros na cabeça. Deixou um menino de 3 anos sem pai nem mãe.
Porquê?
O que me assusta é que não conhecemos quem se cruza na nossa vida, não há forma de o controlar.
Estaremos nós prestes a explodir também?

Contado por ladybugstories às 13:06
link do post | Tell me | favorito
|
5 comentários:
De Zuco a 13 de Julho de 2006 às 09:18
Estamos!


De ladybugstories a 13 de Julho de 2006 às 10:52
É uma ideia assustadora!
Beijo e obrigada por seres o Único Comentador!


De Zuco a 13 de Julho de 2006 às 12:22
Acho que estamos todos em ponto de explosão, não nos casos extremos e raros que contaste (O que significa que podes continuar a namorar e aliviar ai as tensões!) mas de alguma form atodos ou quase todos nós preferiamos estar noutro lado, a fazer outra coisa ou com outra pessoa.

O que náo é forçosamente mau...

Porque é isso que nos faz mudar e viver.

Aqueles casos foram situações que degeneraram por não terem sido resolvidas, por não terem usado essa força explosiva de uma forma positiva.

"Motor a explosão" diz-te alguma coisa? ;-D


De ladybugstories a 13 de Julho de 2006 às 12:52
Nem sempre é fácil lidar com essas situações, e poder sair delas facilmente.
Infelizmente falo por experiência própria...
Se tentamos resolver a bem é visto com alguma esperança, se resolvemos a mal criamos uma raiva incontrolável, é muito complicado.
Cada vez mais tenho medo de me envolver com alguém, mas isso é a minha experiência...
Conheço tantas e tantas histórias de violência entre casais, pessoas comuns...
Pessoas que conheço, pessoas educadas, pessoas bem formadas, meus amigos...
Como se controla alguém que nos quer à força e não se importa com as consequências. O amor transforma-se em raiva, ódio, obsessão?...
É muito feio este lado, mas ele existe.
Beijo e abraço apertado pela atenção



De Zuco a 13 de Julho de 2006 às 16:06
O facto de teres tido uma má experiencia não pode servir de pretexto para te fechares a novas pessoas.

Racionalmente, estatisticamente, a probabilidade de te voltar a acontecer alguma coisa feia é minima.

Por isso, quando o bar do Pragal abrir, vai lá beber uns copos...


Comentar post

.mais sobre mim

.Files

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.pesquisar

 

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds